Close

Livro Educação 4.0

R$98,50

O livro ‘Educação 4.0: princípios e práticas de inovação em gestão e docência‘, de autoria do Prof. Dr. Cassiano Zeferino de Carvalho Neto e publicado pela Laborciencia editora, apresenta a fundamentação teórico-tecnológica do Modelo de Educação 4.0, considerado um marco de referência na sustentação de processos de inovação continuada em educação superior e básica.

Veja baixo mais informações para conhecer os tópicos apresentados no livro Educação 4.0, em sua terceira edição em menos de um ano!

O valor de aquisição já inclui:

Frete para todo o Brasil

Dedicatória do autor (opcional, quando solicitada)

AR (acuso recebimento, para garantia da entrega)

Prazo máximo de entrega a partir da compra: 25 dias.

Descrição

APRESENTAÇÃO

Como título deste livro o Autor propõe a EDUCAÇÃO 4.0. Acredito que não seja difícil, aos analistas e pesquisadores, aceitar que o conceito 4.0, criado para a Indústria, possa ser estendido para outros campos do conhecimento, como o da Educação. Também entendemos que a Educação seja o piso fundamental da vida competente e dos grandes conhecimentos essenciais para o êxito no mundo moderno.

Dentro dessa intenção e com base no que a revolução digital tornou possível, o Autor procura analisar os processos e metodologias inovadoras para aumentar a capacidade socioemocional, cognitiva, científica e tecnológica dos empreendedores e colaboradores na formação de capital humano de vanguarda.

Nossos maiores atrasos em Educação vêm do nível insuficiente das bases de ensino e formação dos recursos humanos para o sucesso dos investimentos nas novas oportunidades ensejadas pelo novo tipo de sociedade que se apresenta, substancialmente diferente das do passado e que, mais e mais, depende da qualidade das ações profissionais que precisam existir e estar disponíveis no mercado.

Educação 4.0 se constitui em um piso firme e promissor para sustentar processos de inovação continuada nas escolas de ensino básico e superior, permitindo a gestores e docentes realizar, com criatividade e segurança, as transformações tão necessárias para a formação dos jovens que viverão em um mundo de perfil exponencial.

Desejo sucesso aos leitores e o Autor, pelos seus esforços para trazer tantos novos conhecimentos ao acesso de todos!

Ozires Silva, Dr.

Presidente de Conselho Estratégico do Grupo Ânima de Educação e Cultura

Reitor do Centro Universitário São Judas – Campus Unimonte

Fundador da EMBRAER

 

CONTEÚDO DO LIVRO

JUSTIFICATIVA
Educação 4.0: contexto para uma mudança de paradigma
Cultura, tempo, mudanças.
O leitor imersivo
Educação 4.0: a construção do modelo teórico-tecnológico
Referências

APRESENTAÇÃO GERAL
Educação 4.0: macrovisão
Visão de conjunto da educação 4.0
Educação 4.0: detalhamento dos pilares estruturadores
0.1 Modelo Sistêmico de Educação (MSE)
0.2 Educação Científica e Tecnológica (ECT)
0.3 Engenharia e Gestão do Conhecimento (EGC)
0.4 Ciberarquitetura
0.5 Eixos que promovem a Educação 4.0
0.6 O que se espera da Educação 4.0, para as instituições educacionais e seus atores?
Referências

O Modelo Sistêmico de Educação (MSE) – Pilar Centrar
1. Apresentação do Modelo Sistêmico de Educação (MSE), pilar central da Educação 4.0
1.1 A Superestrutura
1.1.1 Paradigma
1.1.2 Currículo
1.1.3 Modelos de Ensino-Aprendizagem
1.2 A Mesoestrutura
1.2.1 Tecnologias, processos, plataformas e mídias
1.3 A Infraestrutura
Considerações finais
Referências

Educação 4.0: Educação Científica e Tecnológica (ECT) – Segundo pilar
2.1 Fundamentos teórico-tecnológicos da Educação Científica e Tecnológica (ECT)
2.1.1 Cultura e informação
2.1.1.1 Concepções de cultura
2.1.1.2 Formas simbólicas de Thompson e o Problema Fundamental da Comunicação
2.1.1.3 Formas simbólicas, características fundamentais
2.1.1.4 Substrato físico das formas simbólicas e o âmbito da percepção humana
2.2 Educação e mediação
2.2.1 O postulado Vygotsky-Thompson
2.2.2 Filogênese e ontogênese: uma hipótese para o desenvolvimento psicológico humano.
2.2.3 Instrumento e signo: potencial criativo
2.2.4 Implicações educacionais das ideais de Vygotsky
2.2.5 Zona Proximal de Desenvolvimento (ZPD)
2.2.6 Considerações a respeito de educação e mediação na perspectiva de uma ‘Educação Digital’.
Referências

Engenharia e Gestão do Conhecimento (EGC) – Terceiro Pilar
3.1 Propulsão para os processos da Educação 4.0
3.2 Modalidade do conhecimento, na visão da Engenharia e Gestão do Conhecimento
3.3 Educação Digital
3.4 Objetos Educacionais Digitais (OED): mídia a serviço da educação
3.4.1 Objeto Educacional Digital (OED): o que é e para que serve?
3.4.2 Simuladores e animadores
3.4.3 Áudio, audiovisual
3.4.4 Infográficos
3.4.5 Jogos digitais (gamificação)
3.4.6 Hipermídia e Complexmedia
3.5 Educação digital, conceitos que a fundamentam.
3.5.1 As mídias fazem parte da cultura
3.5.2 E sobre o pensamento criativo, o que se pode ter como algumas ideias de base?
3.6 Teoria da Atividade: referências para a Educação 4.0
3.6.1 Conectivismo: uma teoria de aprendizagem para a educação, na era digital?
3.6.2 Um conhecimento conectivo?
3.6.3 Conectivismo, outros aspectos.
3.6.4 Postulado de Siemens
Referências

Educação 4.0 – Ciberarquitetura CBQ) – Quarto Pilar
4.1 Ciberambientes dedicados à educação 4.0
4.2 Histórico da gênese do conceito de Ciberarquitetura e da Sala Inteligente
4.3 Fundamentos teórico-tecnológicos da Ciberarquitetura e o contexto educacional
Referências

Educação 4.0: como as pessoas aprendem?
5.1 Introdução
5.2 Questões essenciais
5.3 O problema fundamental da educação formal
5.3.1 Situando o problema e defendendo uma tese a respeito de uma solução possível.
5.3.2 Onde começa a contribuição da Educação 4.0
5.3.3 Contextualização, uma introdução.
5.3.4 Interação e socialização, contexto.
5.3.5 Ciberarquitetura situada
5.3.6 Contextualização consistente
5.3.7 Problematização, interação, socialização.
5.3.8 Ambientes de manipulação direta.
5.3.9 Condicionamento do conhecimento, por fatores histórico-sociais.
5.3.10 Currículo dinâmico e a constituição social complexa do sujeito.
5.3.11 Gamificação, cultura audiovisual e circulação da informação na atualidade.
5.4 Modelagem restrita da solução ao problema de como as pessoas aprendem.
5.4.1 Educação inclusiva e metodologia vivencial.
5.5 Tecnologias que proporcionam metodologias ativas
5.5.1 Introdução
5.5.2 Problem Basic Learning (PBL), ou aprendizagem Baseada em Problemas (ABP).
5.5.3 Trabalhando com o PBL
5.5.4 Flipped Classroom c(FP) – Sala de Aula Invertida.
5.5.5 História do Flipped Classroom (FP)
5.5.6 Limitações e críticas.
5.5.7 Desafios e vantagens potenciais.
5.5.8 Outras abordagens educacionais mescladas com Flipped Classroom (FC).
5.6 Blended Learning.
5.6.1 O histórico da aprendizagem mesclada – BL.
5.6.2 Trabalhando com BL.
5.7 ‘Hybrid Learning’ (HL) – Aprendizagem híbrida.
5.7.1 Introdução
5.7.2 Vantagens
5.8 ‘Personalized Learning’ (PL) ou Aprendizagem Personalizada.
5.9 Metodologia Vivencial Ativa (MVA).
Referências
Considerações finais

 

Quantidade de páginas: 320 (trezentos e vinte)

Dimensões: 21 x 14 x 2 cm

Massa: 0,450 kg

Informação adicional

Peso0.450 kg